Basilica di Santa Maria Maggiore: Ingresso con accompagnatore e audioguida multilingue

Edificata, secondo la tradizione, durante il pontificato di Papa Liberio (352-366) che la dedicò al culto della Madonna. Secondo la tradizione, la Madonna gli apparve in sogno suggerendogli di erigere una basilica in un luogo che sarebbe stato indicato miracolosamente. Così quando la mattina del 5 agosto un'insolita nevicata imbiancò l'Esquilino, il Pontefice avrebbe tracciato nella neve il perimetro della nuova basilica.

Piazza di Santa Maria Maggiore

Preço

€ 13,00

Duração

2 ore circa

Galeria

Descrição

La basilica mostra vari stili architettonici, dal paleocristiano al barocco.

L'intero edificio è stato restaurato e ristrutturato nel corso del Settecento, quindi la facciata e gran parte degli interni risalgono a quel periodo. Nonostante ciò la chiesa conserva il campanile, alcuni mosaici e pavimenti marmorei di epoca medievale e alcune colonne ioniche di altri antichi edifici romani, oltre a splendidi mosaici del V secolo.

La decorazione del soffitto è stata conservata dal periodo rinascimentale, mentre le cupole e le cappelle appartengono all'epoca barocca. Probabilmente l'aspetto più sorprendente della Basilica di Santa Maria Maggiore sono le diverse parti appartenenti a periodi storici così diversi. La Basilica racchiude al suo interno le tappe più importanti dell'arte cristiana a Roma.

Questa visita con accompagnatore vi permetterà di visitare la Loggia delle Benedizioni, la Sala dei Papi e Scala del Bernini, aree della basilica non sempre accessibili al pubblico. 

I vantaggi

  • Accesso garantito su prenotazione alla Basilica di Santa Maria Maggiore
  • Mostra il biglietto direttamente sul tuo smartphone e inizia la visita
  • Accoglienza ed assistenza di personale qualificato e multilingue all'ingresso della Basilica di Santa Maria Maggiore
  • Audioguida disponibile in: italiano, inglese, spagnolo, tedesco, francese

Cosa include

  • Ingresso e visita non guidata (con accompagnatore) della Basilica di Santa Maria Maggiore (Loggia delle Benedizioni, Sala dei Papi e Scala di Bernini);
  • Audioguida della Basilica in cinque lingue: italiano, inglese, spagnolo, tedesco e francese;
  • Costi di prenotazione e gestione

Cosa non include

  • Visita guidata della Basilica di Santa Maria Maggiore; 
  • Tutto quanto non espressamente indicato nel “Cosa include”;

Informazioni e accoglienza

  • Per la visita della Basilica di Santa Maria Maggiore sarà necessario presentarsi almeno 15 minuti prima dell'orario di prenotazione e mostrare il codice QR direttamente all’ingresso principale della Basilica (sotto il portico - lato destro);
  • Al desk di accoglienza verrà consegnata anche l'audioguida;
  • La prenotazione è obbligatoria

Come arrivare

  • Metro: linee A, B fermata Termini (10 minuti a piedi dalla stazione)
  • Open Bus Vatican&Rome: Fermata Via Liberiana 

Pontos de interesse

Salus Populi Romani

A Basílica conserva o mais importante ícone mariano, a Salus Populi Romani.

A tradição atribui a imagem a São Lucas, evangelista e patrono dos pintores.

O ícone é particularmente amado pela piedade popular e está intimamente ligado à identidade de Roma e de seus Papas. O Papa Francisco coloca suas viagens apostólicas sob a proteção da Salus, a quem ele costuma visitar antes de sua partida e depois de seu retorno. Ao fazer isso, ele está seguindo uma tradição dos jesuítas, que desde a origem da Companhia de Jesus promoveram o culto e distribuíram cópias do ícone em todo o mundo.

Manjedoura Sagrada

Encomendado pelo Papa Pio IX (1846 a 1878), o arquiteto romano Virginio Vespignani realizou a Confessio (1861 a 1864) colocada em frente ao Altar Papal. Vespignani usou cerca de setenta tipos diferentes de mármore, a maioria extraída de escavações contemporâneas em Roma e Óstia. A Confessio se refere à importância de Santa Maria Maior como a Belém do Ocidente e a Basílica natalina de Roma.

Mais informação

Desde o pontificado de Teodoro (642-649), natural de Jerusalém, ela também era chamada de Sancta Maria 'ad Praesepem'. O título se refere às cinco tábuas de madeira de sicômoro (ficus sycomorus), parte da manjedoura onde repousou o Jesus Menino. Elas são conservadas num relicário de cristal de rocha, projetado por Giuseppe Valadier (1802) na forma de um berço.

Ocultar

Mosaicos medievais

Durante o pontificado de Nicolau IV (1288-92), Santa Maria Maior teve um verdadeiro florescimento artístico. Ele confiou a direção do trabalho de mosaico na abside a Jacopo Torriti.

Ele retrata cenas da vida de Maria na área inferior: a Anunciação, a Dormitio, a Adoração dos Magos e a Apresentação de Jesus no Templo.

E na área superior, inspirado em uma iconografia comum na França, Maria é retratada no momento de sua coroação. Ambos são ladeados por oito anjos e um serafim e pelos santos Francisco, Pedro e Paulo (à esquerda), João Batista, João Evangelista e Antônio de Pádua (à direita).

Loggia

A imponente fachada, criada pelo arquiteto Ferdinando Fuga como um manto para a Basílica Mariana, cria um verdadeiro palco de onde se pode admirar toda a praça e os mosaicos de Filippo Rusuti (c. 1300). Esses contam a lenda da fundação da Basílica: na noite de 5 de agosto de 358, Nossa Senhora apareceu em sonho ao patrício romano João e à sua esposa. A Virgem prometeu-lhes que realizaria o desejo de ter um filho graças a um milagre.

O casal foi ter com o Papa Libério, que lhe revelou ter tido o mesmo sonho. Ao despedirem-se, o casal encontrou uma parte da colina do Esquilino coberta de neve. O Papa traçou com um bastão o perímetro sobre o qual o casal iria construir a Igreja.

Mais informação

A consagração da atual Basílica, erigida pelo Papa Sisto III após o Concílio de Éfeso em 431, foi realizada exatamente no dia do milagre, 5 de agosto. Em memória do acontecimento milagroso, todos os anos são feitas celebrações solenes, cujo ponto alto é uma chuva de pétalas brancas que cai do teto sobre o Altar-Mor.

Ocultar

Porta Santa

A Porta Santa, localizada no lado esquerdo do pórtico, evoca os Jubileus que são realizados em Roma desde 1300.

A obra de bronze, executada em 2000, representa um símbolo de reconciliação com Deus e um novo início. Suas portas serão reabertas por ocasião do Ano Santo de 2025.

Batistério

Durante o pontificado de Leão XII (1823-1829), o coro de inverno foi transformado em um batistério por Giuseppe Valadier. Para esse ambiente, o pontífice doou uma bacia, usada como pia batismal, em pórfiro vermelho, que foi realçada pela balaustrada de mármore ao redor.

Sala dos Papas e Escadaria Bernini

A Sala dos Papas é a sala mais representativa do grande projeto arquitetônico encomendado pelo Papa Paulo V (1605-1621).

A sala constitui uma espécie de Panteão de personalidades ilustres a ela ligadas: Cardeais, o Arcipreste São Carlos Borromeu, Papas e a família real da Espanha, muito devota à Basílica, sendo o Rei de Espanha Protocônego do Cabido.

A elegante escadaria em espiral, considerada de “Gian Lorenzo Bernini”, é feita de pedra de travertino e liga os cinco andares do edifício à Sacristia Nova. Simboliza o caminho humano da terra para o céu, das trevas para a luz.

Sala dei Papi

La Sala dei Papi è la sala più rappresentativa dell’ampio progetto architettonico voluto dal Papa Paolo V (1605-1621).

La sala costituisce una sorta di Pantheon dei personaggi illustri ad essa legati: l’Arciprete San Carlo Borromeo, Cardinali, Papi e la famiglia reale di Spagna, essendo il Re spagnolo Protocanonico del Capitolo.

€ 13,00