Chiesa di Sant'Agnese in Agone e Cripta - Ingresso Accompagnato

La Chiesa è dedicata ad una delle più popolari martiri romane, uccisa nell’anno 304, durante l’ultimo periodo della persecuzione di Diocleziano.

La figura di questa santa si è contraddistinta per la forza di volontà nel difendere i propri valori e la propria devozione a Dio sacrificando la sua stessa vita.

Che siate turisti curiosi o pellegrini in cerca di ispirazione, la Chiesa di Sant'Agese in Agone è pronta ad offrirvi un'esperienza indimenticabile.

 

Piazza Navona

Preço

€ 6,00

Duração

1 ora

Galeria

Descrição

Nel 1652 Innocenzo X Pamphili, pensò ad una nuova costruzione in luogo dell’antica Chiesa di S. Agnese.

L’incarico venne affidato, inizialmente all’architetto Girolamo Rainaldi, ma presto il pontefice lo sollevò dall’incarico affidandolo a Francesco Borromini, che se ne occuperà fino al 1657.

Con papa Alessandro VII venne istituita una commissione per indagare su eventuali errori del Borromini, che portarono l'architetto ad abbandonare i lavori e a richiamare Carlo Rainaldi che alterò il progetto del Borromini. Nel 1667 Donna Olimpia Maidalchini, vedova del fratello di Innocenzo X, incaricò il Bernini dei lavori di finitura generale, mentre Giovanni Maria Baratta eseguì i campanili e Giuseppe Baratta la scalinata. Le modifiche apportate dal Bernini riguardarono solo l’interno.

I vantaggi

  • Accesso garantito su prenotazione alla Chiesa di Sant' Agnese in Agone e alla sua Cripta
  • Mostra il biglietto direttamente sul tuo smartphone e inizia la visita
  • Accoglienza ed assistenza di personale qualificato e multilingue 

Cosa include

  • Ingresso (con accompagnatore nella cripta) con supporto di brochure multilingue della Chiesa di Sant'Agnese in Agone e della Cripta
  • Costi di prenotazione e gestione

Cosa non include

  • Visita guidata della Chiesa di Sant'Agnese in Agone
  • Tutto quanto non espressamente indicato nel “Cosa include”

Informazioni e accoglienza

Orario di apertura:

dal martedi al sabato dalle ore 9:00 alle ore 12:00

  • Per l' ingresso e la visita della Chiesa di Sant'Agnese in Agone sarà necessario presentarsi almeno 15 minuti prima dell'orario di prenotazione e mostrare il codice QR all'ingresso
  • Lingue disponibili per la brochure: italiano, inglese, spagnolo, francese, tedesco e portoghese
  • La prenotazione è obbligatoria

Accessibilità

  • per ragioni logistiche la chiesa e la cripta non sono fruibili da persone con difficoltà motorie

Biglietto gratuito

  • Bambini da 0 a 5 anni
  • Diversamente abili con eventuale accompagnatore
  • Guide turistiche munite di tesserino in corso di validità

Come arrivare

  • Bus: Dalla Stazione Roma Termini bus n°64 fermata Corso Vittorio Emanuele / S. A. Della Valle, bus n°70 fermata Rinascimento. Da San Pietro bus 64 e bus 62 fermata Corso Vittorio Emanuele / Navona
  • Open Bus Vatican&Rome Fermata 8 Piazza Navona / Chiesa Nuova

Mapa

Pontos de interesse

Interior

A planta em cruz grega apresenta ao centro um octógono que tem nos eixos principais a entrada, a abside e duas capelas laterais.

Nos quatro lados diagonais em relação aos eixos, entre pares de colunas cotanello vermelhas, existem quatro nichos nos quais estão posicionados outros tantos altares em mármores preciosos encimados por retábulos de acordo com o projeto decorativo do qual também participou Alessandro Algardi. A obra foi concluída por dois de seus alunos em 1654.

Mais informação

Com a morte de Inocêncio X seus restos mortais foram transferidos para o túmulo construído na igreja de Sant'Agnese in Agone.

Na verdade, seu monumento está localizado acima da entrada da igreja.

Dentro também são visíveis quatro altares dedicados a Sant' Alessio (1 alguém à direita) Santa Emerenziana (2 pessoas à direita) Sant' Eustachio (1 pessoa à esquerda) e Santa Cecilia (2 pessoas à esquerda).

Ocultar

Altar-mor

Inicialmente o altar deveria ser dedicado à Santa titular e o retábulo da abside, encomendado a Algardi, representaria um milagre de Santa Inês.

Domenico Guidi recebeu a encomenda para a realização do retábulo que foi exibido oficialmente em 13 de julho de 1688.

O grande relevo em mármore branco representa a Sagrada Família com Santa Isabel, São João e Zacarias.

Mais informação

Em vez disso, as obras de construção do altar hoje visível começaram em 1720 a partir de um projeto de Carlo Rainaldi.

O alçado do altar é constituído por quatro antigas colunas verdes sobre as quais assenta um tímpano encimado por anjos que transportam a pomba com a palma símbolo do martírio.

Ocultar

Capela de Santa Agnese

Após a mudança arquitetônica que a Igreja de S. Agnese in Agone sofreu após a morte do Papa Inocêncio X Pamphili, considerou-se apropriado dedicar ao Santo não mais o altar-mor, mas uma capela mais perto do local do martírio.

Sobre um fundo de falsa perspectiva está a estátua de Santa Agnese, com a qual a Ferrata propõe, no cenário da figura do Santo, um desenho de Bernini.

Mais informação

O autor dos esplêndidos estuques que decoram a capela é Paolo Landini, que trabalhou na igreja entre 1662 e 1664, juntamente com Giovanni Battista Ferrabosco e Giovanni Francesco Rosi.

Ocultar

A Cripta

Descendo as escadas da Cripta deparamo-nos com uma obra de Algardi que representa Santa Inês com um Anjo.

Ao lado há uma placa com esta inscrição: “INGRESSA AGNES HUNC TURPITUDINIS ANGELUM DOMINI PREPARATUM INVENIT”: “Entrada ao lugar de torpeza onde o Anjo enviado por Deus interveio para salvar Agnese.

 

Mais informação

A cripta está dividida em três salas.

O primeiro, mais amplo, é dividido em uma grande sala com dois pilares que suportam três arcos. Os outros dois quartos estão virados para a Piazza Navona e correspondem à cripta da igreja medieval. Na parede da escadaria que desce para a cripta, há um afresco do século XVII representando Santa Agnese apoiada pelo anjo. Abaixo da pintura está uma laje de mármore que Papa Damaso (366-384) gravou, mais tarde usada como laje de piso.

Ocultar
€ 6,00